Mercado Imobiliário

Antiga fábrica na França é transformada em mansão luxuosa

Quatro terraços, 9,4 mil metros quadrados e um teto de vidro que dá indícios do que um dia foi uma fábrica têxtil. Uma mansão localizada no bairro de Bastille, em Paris, listada em uma imobiliária francesa tem chamado atenção pelo minucioso e detalhista projeto de restauração realizado por um casal para adaptar uma antiga fábrica. Segundo o site Época Negócios, três anos após muito trabalho, eles estão vendendo a mansão por US$ 11,5 milhões (cerca de R$ 30 milhões).

Antiga fábrica é transformada em mansão na França (Foto: Divulgação Emile Garcin Propriétés)
Antiga fábrica é transformada em mansão na França (Fotos: Divulgação Emile Garcin Propriétés)

O teto de vidro do local repousa sobre uma estrutura de aço feito pela oficina do arquiteto francês Gustave Eiffel (o mesmo da torre) no início do século 20. Essa foi a parte mais difícil de adaptar, segundo explicou a proprietária da mansão, Véronique Bonnefond, ao Wall Street Journal. Véronique e seu marido gastaram três anos inteiros para adaptar e transformar o local. Janelas mais baixas foram adicionadas para permitir maior entrada de luz.

O casal, que dirige espaços que oferecerem ‘banhos turcos’ em Paris, comprou originalmente o imóvel para convertê-lo em um novo negócio. Mas conseguir obter uma licença comercial foi tão difícil que eles resolveram transformar a fábrica na própria casa. E que casa: com cinco quartos, banheiros, piscina dentro da casa, banheiro marroquino, adega, terraço interno, quatro terraços externos e um enorme espaço para assistir a filmes.

A casa foi toda decorada no estilo Art Déco. Foram instaladas portas de vidros e os banheiros são inspirados no estilo do século XIX. Segundo o Wall Street, o casal viveu lá por três anos com suas duas filhas e mais três parentes. Com as filhas saindo de casa – uma para morar em Los Angeles e outra na China – a casa de repente ficou grande demais.

A imobiliária francesa Emile Garcin Propriété oferece o imóvel por US$ 11,5 milhões. Véronique afirmou que, após todo esse trabalho e restauração, seu próximo projeto é sair de um endereço fixo. Quer navegar ao redor do mundo em um barco que está restaurando.

Espécie de 'mini-cinema' instalado na mansão
Espécie de ‘mini-cinema’ instalado na mansão
Piscina coberta da mansão
Piscina coberta da mansão
Banheiro da mansão
Banheiro da mansão
Casal preservou as estruturas originais do século XIX
Casal preservou as estruturas originais do século XIX

 

Escreva um comentário