Mercado Imobiliário

Com as férias de fim de ano, crescem locações de imóveis em Orlando

O fim de ano se aproxima e as férias de dezembro e janeiro são mais do que esperadas pelos brasileiros. A época, que une festas e descanso, é uma das mais desejadas para fazer uma viagem aos Estados Unidos, principalmente para destinos como Orlando e Miami. Para quem viaja em família ou grupo de amigos e busca conforto, a dica é correr para não ficar sem hospedagem em casas e imóveis mais espaçosos, uma vez que as locações temporárias já começaram.

(Foto: Shutterstock)
Se comparado a 2013, a procura por imóveis na região cresceu (Foto: Shutterstock)

Em 2014, Natal e Ano novo têm grandes chances de emendas, que podem totalizar cinco dias para cada data ou mesmo semanas para quem conseguir uma folga do trabalho. Fazer as reservas com antecedência é a sugestão da Qualiti Imóveis, consultoria imobiliária com 19 anos de atuação no mercado nacional e internacional. Para esses períodos, as reservas já estão acontecendo e podem ser feitas com tranquilidade por aqui.

“Para empresas que concederem férias coletivas aos seus funcionários, a emenda entre Natal e Ano Novo deve totalizar 10 dias de descanso. Famílias e grupos de pessoas são a maioria do público que procura por estas locações, visando mais comodidade e menor custo. Neste período é possível encontrar casas mobiliadas a partir de US$ 150 (R$ 385) a US$ 470 (R$ 1.206) a diária em condomínios fechados de Kissimmee, com área de lazer e próximos aos parques da Disney e Universal”, explica o diretor da Qualiti Imóveis, Fabiano Neaime.

Se comparado a 2013, a procura por imóveis na região cresceu, por isso, poucas casas estarão disponíveis para quem deixar para última hora. “Nos melhores condomínios as locações já estão quase esgotadas”, explica Neaime. Para quem deseja locar um imóvel, os trâmites são simples e devem ser feitos por uma consultoria com experiência no assunto. “As reservas acontecem mediantes escolha do imóvel disponível, assinatura do contrato e primeiro pagamento da reserva. Quando feito com antecedência é possível o parcelamento do valor”, completa.

Escreva um comentário