Mercado Imobiliário

Entenda como atender compradores de imóveis em condomínios fechados

Em um condomínio fechado é necessário agendar horário para visitação (Foto: Shutterstock)
Em um condomínio fechado é necessário agendar horário para visitação (Foto: Shutterstock)

Uma característica comum aos compradores e vendedores de imóveis em condomínios fechados é a preocupação com a segurança. Por isso, o tratamento deve ser diferenciado e requer mais atenção por parte do corretor.

Segundo Igor Freire, diretor de vendas da Lello Imóveis, o morador de condomínio fechado também se preocupa com a visitação de interessados. “Saber quem está entrando no imóvel é fundamental. A confiança entre o corretor e o vendedor é muito importante”, diz.

Antes de levar um potencial comprador ao imóvel é necessário traçar um perfil da pessoa, saber quem é, se há de fato interesse no imóvel e ficar atento para não levar clientes que não tenham o perfil adequado para aquela casa.

Além disso, por se tratar de um condomínio fechado, é necessário marcar horário para a visita. Não é possível levar o comprador a qualquer momento.

“Exceto a questão de segurança, trata-se de uma venda normal. Mas é necessário saber o que o comprador deseja e se o imóvel atende às suas expectativas. Quando o comprador sente segurança no corretor, ele vai indicá-lo para outros clientes”, afirma.

Para isso, é essencial que esse profissional conheça o perfil do imóvel, as peculiaridades do local e, acima de tudo, respeite as regras do condomínio e também os interesses do vendedor e do comprador.

“Quando se consegue ter um vínculo de trabalho forte, o profissional será indicado para outras pessoas e, assim, começa o seu ciclo de negócios. Dificilmente um comprador ou vendedor deste tipo de imóvel vai buscar corretor sem indicação ou que não seja de uma imobiliária tradicional”, conclui.

Escreva um comentário