Mercado Imobiliário

Como comprar casa nos EUA?

Não é de hoje que os brasileiros estão de olho no mercado imobiliário norte-americano. O interesse do investidor é sinônimo de bons negócios também para o corretor. A crise do subprime, em 2008, derrubou os preços das casas nos Estados Unidos. E até hoje existem boas oportunidades por lá.

(Foto: Shutterstock)
Só na Flórida moram hoje 400 mil brasileiros (Foto: Shutterstock)

“É possível encontrar um imóvel de excelente qualidade nos Estados Unidos por US$ 300 mil – em um condomínio fechado em Orlando. Um similar no Brasil hoje, em Osasco, por exemplo, chega a R$ 900 mil. E as vantagens vão além do preço. O processo para que os estrangeiros adquiram bens por lá é bem mais fácil. Muita gente já se deu conta dessas vantagens. Só na Flórida moram hoje 400 mil brasileiros”, diz o especialista em mercado imobiliário, Guilherme Carnicelli.

Carnicelli é um dos organizadores de um evento que vai levar um grupo de 17 pessoas para ver casas a venda no Estados Unidos em agosto. Os profissionais atuam no mercado imobiliário americano e querem aprender a vender imóveis no País.

Entre as informações, os participantes saberão sobre financiamento, documentação necessária para a aquisição do bem e questões jurídicas. Quem quer fazer negócios nos Estados Unidos precisa ter um parceiro por lá. Outro dado importante é como se tornar um investidor EB-5, que é um programa do governo americano que assegura o greencard a quem investir em imóveis naquele País. “É possível comprar e mudar com a família para lá. Todas essas informações são valiosas para os corretores, que conseguem aumentar o total de negócios”, diz Carnicelli. O workshop, que também tem a organização da Rocket Intercâmbio Profissional, custa hoje R$ 8 mil. O próximo grupo está previsto para dezembro.

Escreva um comentário