Mercado Imobiliário

Conheça o perfil de quem compra a segunda residência no Brasil

Muitas pessoas que já alcançaram o sonho da casa própria partem agora para a aquisição da segunda residência, ou seja, as famosas casas de praia ou de sítios. Por mais que esse movimento seja recente no Brasil, a demanda por imóveis de temporada está em constante crescimento, conforme alertou Luiz Izoton, presidente do Grupo Izoton, na 9ª Conferência de Marketing Imobiliário.

(Foto: Shutterstock)
Demanda por imóveis de temporada está em constante crescimento (Foto: Shutterstock)

De acordo com o executivo, diferentemente da primeira casa, onde o detalhe da janela pesa na decisão do comprador, o que importa na segunda residência é o que se vê pela janela. É por isso que o corretor não deve vender apenas o imóvel, mas também o estilo de vida que ele pode proporcionar. Também é necessário se aprofundar nos detalhes da região turística, como as opções de lazer, gastronomia, contato com a natureza, dentre outros.

Para atrair e abordar esses compradores é preciso conhecer suas características, já que os clientes desse nicho não se enquadram nas regras do marketing de consumo de massa. Conheça abaixo o perfil do comprador de segunda residência no Brasil:
– Querem fugir da rotina cansativa do dia-a-dia (especialmente do trânsito);
– Preferem imóveis localizados em destinos turísticos já conhecidos (em viagens anteriores, por exemplo);
– Desejam se deslocar por até duas horas (de carro) para chegar até o local e dão preferência a vias de acesso de qualidade;
– Tomam a decisão pela compra pensando no lazer de toda a família. Por isso a opinião de cônjuges e filhos influenciam o comprador;
– Pensam no status que o imóvel pode agregar a sua vida;
– Buscam lazer e opções diferenciadas de gastronomia, prática esportiva e contato com a natureza;
– Observam a vizinhança do empreendimento para buscar parceiros de lazer (como jogadores de tênis) ou até contatos profissionais (networking).

Escreva um comentário