Mercado Imobiliário

Conheça três tecnologias que podem impactar o trabalho do corretor

Você já viu ou sabe o que é um drone? Trata-se de um robô guiado por controle remoto e equipado com câmeras, que possibilita filmagens e fotografias de alta definição. Aos poucos, este equipamento está se popularizando, inclusive no mercado imobiliário.

(Foto: Keith Muratori/ Shutterstock.com)
Robô passa a oferecer vídeos aéreos com novos detalhes do empreendimento (Foto: Keith Muratori/ Shutterstock.com)

Em abril, a construtora Tecnisa passou a utilizar drones para filmar e fotografar o andamento de suas obras. Esse investimento tem o objetivo de somar tecnologia à área de Relacionamento com o Cliente, que envia mensalmente o registro das obras. A partir de agora, o informativo passa a oferecer vídeos aéreos com novos detalhes, além de possibilitar que o futuro morador possa ter ideia de como será a vista de seu apartamento quando estiver pronto.

Pouco tempo depois, a mesma construtora anunciou que ia oferecer aos seus clientes a possibilidade de usar o Google Glass num estande de vendas. Para quem ainda não sabe, o Google Glass é um acessório no formato de óculos que possibilita a interação dos usuários com diversos conteúdos visuais em realidade aumentada. Assim, a pessoa pode conhecer o bairro, os atrativos da região – escolas, hospitais, mercados, dentre outros – , ou até mesmo os arredores do condomínio.

No vídeo a seguir, elaborado pelo Trulia – portal imobiliário norte-americano – é possível ter uma ideia de como um cliente pode interagir com o Google Glass na busca por um imóvel. Clique aqui e assista!

Diante de tanta tecnologia, dá até para imaginar que, num futuro bem próximo, alguns robôs farão todo o trabalho no estande de vendas ou na visita ao imóvel. Na verdade, essas máquinas poderosas já são fruto de um projeto que se iniciou há dois anos, no renomado Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos.

De acordo com uma matéria do jornal Daily Herald, esses robôs poderão guiar uma visita, responder perguntas pré-agendadas e obter informações de potenciais clientes pela simples leitura de documentos, como RG ou carteira de motorista.

Ao corretor de imóveis, cabe a tarefa de ficar atento a essas e outras tendências para torná-las suas aliadas na rotina de trabalho. Afinal, um bom e verdadeiro negócio sempre será fechado entre duas pessoas. Você e o seu cliente!

Escreva um comentário