Mercado Imobiliário

Saiba orientar o seu cliente no momento de utilizar o consórcio imobiliário

O País atravessa uma situação de instabilidade econômica e, por conta disso, a procura por consórcio vem aumentando. “Até mesmo como consequência das novas regras para financiamento, o consórcio surge como uma ótima alternativa para o consumidor, principalmente pela ausência de juros e outras facilidades”, afirma Fabio Prado, diretor comercial do Embracon.

(Foto: Shutterstock)
Uma das vantagens do mercado imobiliário é que ele não possui juros (Foto: Shutterstock)

Segundo ele, a melhor forma de orientar o cliente sobre consórcio é informá-lo sobre como funciona o sistema. A venda deve ser feita de forma transparente, explicando como funciona a liberação do crédito, quais são as formas de contemplação e qual o plano ideal para o perfil dele.

Prado frisa ainda que, antes de oferecer a modalidade ao comprador, é preciso verificar os seguintes pontos:

– Qual a necessidade do cliente?

– Ele consegue conciliar as parcelas do consórcio com o aluguel?

– Qual a finalidade da compra? Primeiro imóvel ou investimento futuro? O interesse é por um imóvel novo ou usado? Construção ou reforma?

– Irá utilizar o FGTS?

Segundo ele, com base nessas respostas, é possível montar uma proposta adequada para a necessidade de cada um. É importante ficar atento para não criar falsas expectativas no cliente apenas para garantir a venda. Não deixe de enfatizar que essa é uma forma de compra programada e que a liberação do crédito é feita por meio de sorteio ou lance. Além disso, não prometa nada que não esteja nas leis do consórcio ou esteja fora do contrato da administradora.

Vantagens

É bom sempre lembrar que as vantagens do consórcio imobiliário são:

– Não possui juros, apenas taxa de administração que varia de acordo com a administradora de consórcio escolhida;

– Possibilidade da utilização do FGTS para dar lance;

– Liberdade de escolha na hora da compra;

– O cliente também pode negociar com o proprietário, pois o pagamento é à vista;

– Flexibilidade no pagamento da parcela, isto é, antes de ser contemplado o cliente pode alterar o valor do seu crédito;

– Créditos de até 180 meses;

– Valorização anual do crédito, assim o cliente pode utilizar a carta de crédito de acordo com os preços do mercado atual.

Escreva um comentário