Mercado Imobiliário

Daniel Alves é dono de duas imobiliárias

Há jogadores que não sabem como investir suas fortunas, outros são como Daniel Alves. O lateral-direito canarinho aplicou parte do seu generoso salário em duas imobiliárias, uma no Brasil e outra na Espanha. Na última vez em que o clube catalão divulgou os pagamentos de seus atletas, a lista informou que Daniel faturava R$ 600 mil por mês.

Lateral-direito canarinho faturava R$ 600 mil por mês no Barcelona (Foto: Vipcomm/Shutterstock.com )
Lateral-direito canarinho faturava R$ 600 mil por mês no Barcelona (Foto: Vipcomm/Shutterstock.com )

A ex-esposa do atleta, Dinorah Santana da Silva contou ao portal G1 que  juntos são sócios em cinco empresas: duas no Brasil, uma agropecuária e uma imobiliária, e três na Espanha: outra imobiliária, a Cedro Esport, que cuida da imagem do jogador, e a Flash-Forward, responsável por agenciar 55 atletas.

Procurada pela reportagem do ZAP Pro, a assessoria de Daniel Alves disse que ele não iria se manifestar sobre o assunto.

O jogador do Barcelona ganhou notoriedade mundial em março de 2014 após ser alvo de uma atitude racista de um torcedor do clube Villareal durante um jogo pelo Campeonato Espanhol. O torcedor arremessou uma banana no momento em que o craque iria bater um escanteio e ele comeu a fruta em campo.

 

Escreva um comentário