Mercado Imobiliário

O preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro

Segundo pesquisa realizada pelo Índice FipeZAP locação, o preço de imóveis alugados no Brasil registrou aumento nominal de 0,15% em fevereiro. Este é o segundo aumento consecutivo após 20 meses de queda nominal do indicador, na comparação mensal. Apesar disso, quando comparado com o nível de fevereiro do ano passado, o índice apresenta uma variação nominal* de -2,76%.

(Foto: Shutterstock)
Santos não registrou variação de preço inferior a inflação (Foto: Shutterstock)

Levando-se em consideração a inflação medida pelo IPCA/IBGE (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) nos últimos 12 meses (+4,76%), o Índice de Locação acumula uma queda real* de 7,18% no período. De fato, à exceção de Santos e Recife, todas as cidades monitoradas registraram variações de preço inferiores à inflação no período de análise.

+ Saiba como orientar seus clientes com as ferramentas do ZAP

+ Veja 4 dicas para o contrato de locação

fipezap_locacao_201702

O relatório mostra que se compararmos o preço médio de locação com o preço médio de venda dos imóveis, é possível obter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por locar seu imóvel. Trata-se de uma medida importante para avaliar a atratividade do mercado imobiliário em relação a outras opções de investimento.Com base nos dados de fevereiro,o retorno médio anualizado do aluguel foi de 4,3%.

Os preços considerados para o cálculo da pesquisa são referentes se a anúncios para novos aluguéis. Ou seja, o Índice FipeZAP de Locação não incorpora no cálculo a correção dos aluguéis em contratos vigentes (cujos preços são comumente reajustados periodicamente pelo IGPM/FGV – Índice Geral de Preços do Mercado/Fundação Getúlio Vargas – ou índices similares, de acordo com os contratos estabelecidos). Desta forma, o Índice FipeZAP de Locação representa de forma mais dinâmica a evolução da oferta e da demanda por moradia ao longo do tempo.

* A variação real efetiva será conhecida apenas após a divulgação do IPCA/IBGE de Fevereiro/2017.

  • * Variação negativa: É quando acontece uma queda no nível do indicador em questão;
  • * Inflação esperada: Expectativa de inflação coletada pelo Banco Central;
  • * Taxa nominal: Taxa sem ajustes inflacionários;
  • * Taxa real: Diferença entre taxa nominal e a inflação do período. É o preço real, o poder de compra.
  • * Inflação: Variação dos preços;

1

2

3

 

+ Redes sociais serve de vitrine para o seu negócio. Saiba como:

+ Gostou das dicas? Aproveite e deixe seu comentário!

+ Faça seu cadastro no ZAP Pro e receba as novidades!

+ Confira 25 dicas sobre a carreira de corretor de imóveis

+ O que fazer com a comissão recebida?

+ Preço dos imóveis mostra aumento em outubro

+ Confira 25 dicas sobre a carreira de corretor de imóveis

Escreva um comentário