Mercado Imobiliário

Este, esse ou aquele: aprenda seu uso correto

Especialista: Gramática

Pronome demonstrativo (Foto: Shutterstock)
É preciso estar atento a proximidade com os termos da oração e o tempo verbal (Foto: Shutterstock)

Muitas vezes na hora de redigir um texto, especialmente nos e-mails corporativos quanto é citado um imóvel ou outro, surge a dúvida: Como me referir ao imóvel no que diz respeito ao pronome demonstrativo? Ou seja, se deve utilizar “este”, “esse” ou “aquele”?

Bom, “esse” artigo se propõe a sanar estas dúvidas, e repare que o próprio texto já revela seu uso na prática e deve levar em consideração três aspectos: as diferenças de espaço entre as três pessoas do discurso, a proximidade com os termos da oração e o tempo verbal:

  • ESTE

– No que se refere ao espaço, seu uso deve indicar o que está próximo da pessoa que fala:
Ex. “Este imóvel que está vendo pertenceu ao presidente da República”

– Os termos referidos devem estar próximos:
Ex. “Manuel e Pedro são clientes antigos. Este (Pedro) mora ao lado do imóvel.”

– O tempo deve ser atual:
Ex.”Este final de semana vamos ao lançamento do imóvel na rua Augusta.”

  • ESSE

– O espaço deve estar próximo da pessoa com quem se fala.
Ex. “Esse novo apartamento vai realizar seu sonho”

– Os termos referidos devem indicar a ideia mais mencionada.
Ex. “Leia o artigo de português do ZAP. Esse portal é o melhor.”

– O tempo deve ser um passado próximo:
Ex. “Me mudei em 2013 para São Paulo. Esse ano foi decisivo em minha carreira de corretor.”

  • AQUELE

– O espaço mencionado deve estar distante da pessoa que fala:
Ex. “Aquela visita que fizemos no ano passado ao empreendimento da Lapa foi muito proveitosa.”

– Refere-se ao termo mais distante na oração:
Ex. “Visitei o apartamento na Lapa e em Ipanema. Aquele (Lapa) estava mais conservado.”

– O tempo deve estar em um passado distante:
Ex.“Aquela era a época dos apartamentos com pé direito alto.”

Escreva um comentário