Mercado Imobiliário

Dicas de etiqueta em e-mails corporativos

Especialista: Carreira

 

É necessário atentar-se pela maneira como se escreve e-mails que vão circular pela empresa, desde erros ortográficos até piadinhas que parecem ser inocentes, mas que possuem potencial para magoar alguém. Nada pode passar em um e-mail corporativo; é necessário prestar atenção redobrada a tudo.

(Foto: Shutterstock)
Para um profissional formado, sempre pega mal escrever errado (Foto: Shutterstock)

 

Confira alguns itens básicos de etiqueta empresarial em e-mails corporativos, para que se faça um bom uso desta ferramenta em sua carreira:
1. Amigos, amigos…negócios a parte:
Os e-mails trocados utilizando-se o domínio da empresa devem ser estritamente profissionais. É cada vez mais comum o vazamento de informações via e-mail ou mídias digitais que podem causar danos a empresa, e, por isso, é necessário separar bem o ambiente pessoal do de trabalho;

2. Escrever pouco é escrever bem
Quando se quer passar uma mensagem, é sempre bom escrever de modo conciso, porém educado, ir direto ao ponto rapidamente, sem deixar de fora o que é essencial;

3. Lembrar-se das aulas de português
Para um profissional formado, sempre pega mal escrever errado, mesmo que seja por pura falta de atenção. A capacidade e credibilidade do indivíduo são analisadas, também, por e-mail, por isso a necessidade de checar o que se escreve;

4. Checar antes de apertar “enviar”
Uma mexida desatenta no mouse, e o e-mail é enviado pela metade ou com informações incorretas. É importante checar com precisão o corpo do e-mail, para ter certeza que ele será enviado da forma desejada;

5. Nada de beijos e abraços
Na hora de assinar um e-mail, é altamente recomendado que se escreva, apenas “atenciosamente”, ou, para encurtar, “att”. Por mais que você seja próximo, colocar “beijos” ou “abraços” no final de um e-mail corporativo pode não ser bem visto pelos superiores.

Escreva um comentário