Mercado Imobiliário

Feriado de Corpus Christi no litoral tem aluguel diário de R$ 120 a R$ 1.700

Passar o feriado prolongado de Corpus Christi na praia está mais caro este ano, até 150% se a opção for alugar apartamentos de 1 dormitório em cidades do litoral norte, como Ubatuba e Ilhabela. O aluguel diário desse tipo de imóvel está cotado a R$ 300, e no feriado do ano passado saia por R$ 120.

No Guarujá, a di´raia de um apartamentos de 3 dormitórios custa R$ 425 (Foto: Shutterstock)
No Guarujá, a diária de um apartamentos de 3 dormitórios custa R$ 425 (Foto: Shutterstock)

Foi a maior alta, mas não a única, segundo apurou pesquisa feita pelo Creci-SP com 21 imobiliárias de 12 cidades do litoral paulista. As diárias de 18 tipos de imóveis aumentaram enquanto as de apenas quatro baixaram em relação ao ano passado. A diária que menos subiu foi a de apartamentos de 3 dormitórios no litoral sul, que passou de R$ 395 no ano passado para R$ 400 neste ano (+ 1,26%).

Quem está com dinheiro mais curto encontrará algumas das opções mais baratas nas praias de cidades do litoral sul, como Itanhaém, Praia Grande e Peruíbe. Apartamentos de 3 dormitórios, por exemplo, que estão entre os mais procurados, podem ser alugados por R$ 400 por dia nessas cidades, valor que sobe para R$ 425 no Guarujá e em Santos, no litoral central, e chega a R$ 600 no litoral norte.

“A vantagem de alugar um imóvel particular é que se gasta menos que em um hotel e se tem maior privacidade e liberdade”, afirma José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP. Ele ilustra seu argumento com o exemplo do apartamento de 3 dormitórios e diárias de R$ 600. “Os donos aceitam até 10 pessoas nesse tipo de imóvel, o que representaria um gasto de R$ 60 diários para cada um, menos do que se gastaria em pousadas simples.”

A diária mais barata para o feriadão de 4 a 7 de junho é de R$ 175,00, valor médio pedido pelos proprietários para apartamentos de 1 dormitório no Guarujá, Santos, São Vicente. Este é um dos imóveis com diária mais barata que a do ano passado – o valor é 32,69% menor que os R$ 260 de 2014. A diária mais cara, de R$ 1.700, é a dos apartamentos de 4 dormitórios no litoral norte.

Da mais barata à mais cara, a pesquisa do Creci-SP mostra que há opções para todos os bolsos. Famílias menores, de até quatro pessoas, podem pôr o pé na areia gastando R$ 300 por dia com o aluguel de um apartamento de 2 dormitórios no litoral sul. Por R$ 100 a mais, encontra-se esse mesmo tipo de apartamento disponível no litoral norte. E no litoral central, a diária média está em R$ 425.

Casas desse mesmo tamanho saem por R$ 366 no sul, R$ 425 no centro e R$ 500 no norte. As casas maiores, de 4 dormitórios, estão cotadas a R$ 800 no sul, R$ 700 no centro e R$ 925 no norte.

“Os valores levantados pela pesquisa são os desejados pelos proprietários dos imóveis, que devem estar contando com uma grande procura nesse feriadão, mas é sempre possível negociar um desconto”, afirma Viana Neto, lembrando que há pouco tempo para se fazer essa negociação e que é preciso ter cuidado para não cair em golpes.

Escreva um comentário