Mercado Imobiliário

Financiamento imobiliário cai ao menor nível desde 2010 em SP

Segundo a pesquisa realizada pela Lello condomínios, o número de financiamento imobiliário na cidade de São Paulo caiu ao menor nível desde 2010.

De acordo com o estudo, neste ano, em 30% das casas e apartamentos vendidos com intermediação da empresa os proprietários conseguiram empréstimos bancários, contra 40% em 2015 e 45% no ano anterior.

+ Confira as 10 matérias mais lidas pelos corretores de imóveis

+ 5 dicas para você abordar seu cliente e vender mais

+ Entenda o que é recuperação judicial

O pico de imóveis vendidos por meio de financiamento foi em 2013, com 48% das transações. Em 2012, 41% das vendas foram por meio de empréstimos bancários, mesmo índice de 2011. Em 2010 foram 36%.

Financiamento imobiliário
Aproveite! Proprietários estão mais flexíveis nas negociações (Foto: Shutterstock)

De acordo com Igor Freire, diretor de Vendas da Lello, “além da escassez de crédito, hoje há maior dificuldade de os compradores conseguirem comprovar renda ou cumprir todas as exigências para conseguir a liberação do financiamento imobiliário. Isso ainda é reflexo do cenário econômico atual, de desemprego e informalidade.

Igor explica que os proprietários estão mais flexíveis na hora de negociar e, por outro lado, muita gente que estava indecisa se animou com as ofertas disponíveis, os descontos e com a perspectiva de melhoria da economia no médio prazo.

+ Gostou das dicas? Aproveite e deixe seu comentário!

+ Faça seu cadastro no ZAP Pro e receba as novidades

+ Saiba o que você precisa para ser um bom corretor de imóveis

+ Corretor, saiba como transformar leads em vendas

+ Aprenda a fotografar imóveis com seu smartphone

+ Veja dicas de como não errar na fotografia imobiliária

+ Veja 5 dicas para você vender mais

Escreva um comentário