Materiais Especiais Mercado Imobiliário

Guia analítico: 15 medidas do governo e seus impactos no mercado imobiliário

Desde a confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil, no final de fevereiro, o país vem se esforçando para enfrentar a crise de saúde que se instalou por aqui. Junto à crise sanitária, como vimos no restante do mundo, também é natural que o isolamento social e o fechamento de parte considerável da economia também seja responsável por uma crise econômica.

Para o enfrentamento da crise econômica diversas medidas vêm sendo tomadas pelo governo a fim de minimizar os impactos negativos da pandemia. Diversas dessas medidas, direta ou indiretamente, afetam o mercado imobiliário e, pensando nos efeitos em nosso setor, criamos para você um material completo que consiste em um vídeo e um guia que você pode baixar – é o “Guia analítico: 15 medidas do governo e seus impactos no mercado imobiliário”. Para acessar o Guia analítico completo, clique aqui!

Conheça as 15 medidas selecionadas por nossos economistas

Os economistas Sergio Castelani e Pedro Tenório, ambos da DataZAP, a principal fonte de inteligência imobiliária no Brasil, selecionaram as 15 principais medidas do governo desde o começo da crise e, no material, comentam sobre seus impactos, diretos e indiretos, no mercado imobiliário. Aqui listamos as medidas pra você:

  1. Auxílio emergencial;
  2. Liberação de saque adicional do FGTS;
  3. Antecipação do pagamento do BPC (Benefício de Prestação Continuada);
  4. Isenção temporária de IOF sobre empréstimos para Pessoas Físicas, Micro e Pequenas Empresas;
  5. Flexibilização dos contratos de trabalho;
  6. Adiamento do recolhimento de FGTS pelas empresas;
  7. Maior prazo para pagamento de impostos por empresas do Simples Nacional;
  8. Ampliação de prazo para pagamento de PIS, Cofins e cota patronal do INSS;
  9. Flexibilização do pagamento de férias;
  10. Banco de horas inverso;
  11. Crédito com recursos do BNDES via fintechs;
  12. Programa Emergencial de Suporte a Empregos;
  13. Operações de créditos facilitadas para pequenas e médias empresas;
  14. Linhas de Crédito com Fundos Constitucionais Regionais;
  15. Pacote de estímulo ao setor imobiliário (Caixa).

O detalhe de cada medida e a análise de nossos economistas você confere assistindo o vídeo e baixando o guia completo com mais informações. Não deixe de acessar, visite nossa página e fique por dentro de tudo!

Como você analisa as medidas do governo brasileiro para o enfrentamento da crise do novo coronavírus? Acredita que são eficazes ou ainda podem melhorar? Conte para a gente nos comentários!

Escreva um comentário