Mercado Imobiliário

Imóveis têm nova queda de preços em fevereiro, aponta FipeZap

Segundo o índice FipeZap, divulgado nesta quarta-feira, os preços dos imóveis anunciados em fevereiro voltaram a ter queda real na comparação com o mês anterior. Na média, os preços subiram 0,17% em 20 cidades brasileiras de janeiro para fevereiro. Ante o segundo mês do ano passado, a valorização foi de 5,87%. Os dois índices, no entanto, são menores que a inflação calculada pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) para esses períodos, de 1,07% e 7,54%, respectivamente – ou seja, descontada a inflação, os preços tiveram queda.

Capital fluminense continua tendo o m² mais de R$ 10.650 (Foto: Shutterstock)
Capital fluminense continua tendo o m² mais de R$ 10.650 (Foto: Shutterstock)

Nos dois primeiros meses do ano, considerando o aumento esperado para o IPCA de 2,32% e a variação de 0,55% do Índice FipeZap acumulados, a variação em termos reais para o preço médio de venda do metro quadrado nas 20 cidades pesquisadas em 2015 é de -1,7%.

Nessa mesma base de comparação, todas as 20 cidades que compõem o índice ampliado apresentaram variações menores do que a inflação, sendo que Brasília, Florianópolis, Curitiba, Niterói e Porto Alegre apresentam queda nominal.

O valor anunciado do metro quadrado médio das 20 cidades em fevereiro desta ano foi de R$ 7.482. A cidade com o metro quadrado mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (R$ 10.650), seguida por São Paulo (R$ 8.493). Os dois municípios que apresentam os menores preços foram Contagem (R$ 3.394) e Goiânia (R$ 4.020).

Menor alta anual

preço médio dos imóveis terminou 2014 com alta de 6,7%, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Esta foi a menor alta anual registrada pelo FipeZap, cuja série histórica foi iniciada em 2010.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O RELATÓRIO COMPLETO

No ano anterior, o aumento foi de 13,74%, considerando as 20 cidades pesquisadas. Já na média das 7 cidades com as séries mais longas, a alta anual foi de 6,77% em 2014 e de 12,73% no ano anterior.

Grafico1_marco
Grafico22_marco
Tabela_marco

Escreva um comentário