Mercado Imobiliário

Índice FipeZAP apresenta valorização de 1,32% dos imóveis em 2015

De acordo com o Índice FipeZAP, no acumulado de 2015, o preço dos imóveis registrou crescimento de 1,32%. No entanto, o aumento foi insuficiente para confrontar a inflação de 10,72% esperada para o IPCA (IBGE) neste período. O preço médio do metro quadrado apresentou com queda real de 8,48% no ano passado.

Goiânia foi a cidade com a maior variação nominal (Foto: Shutterstock)
Goiânia foi a cidade com a maior variação nominal (Foto: Shutterstock)

Todas as cidades que compõem o levantamento registraram variações inferiores à inflação em 2015, sendo que os preços em Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro, Brasília e Niterói apresentaram queda nominal nesse mesmo período. “Foi a primeira vez que o índice registrou queda real e a primeira vez que o Rio de Janeiro apresentou queda nominal”, afirma o coordenador da FipeZAP, Eduardo Zylberstajn.

O indicador registrou ainda queda nominal de preço em 7 das 20 cidades pesquisadas: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Niterói e Contagem. Por outro lado, Goiânia foi a cidade com a maior variação nominal. O valor médio anunciado do m² das 20 cidades em dezembro foi de R$ 7.613. Rio de Janeiro se mantém como a cidade com o m² mais caro do país (R$ 10.438), seguida por São Paulo (R$ 8.619). Já os dois municípios com menor preço por m² foram: Contagem (R$ 3.546) e Goiânia (R$ 4.217).

preco_mediovariacao_indice

Escreva um comentário