Mercado Imobiliário

Mercado imobiliário está de olho no público jovem

Os jovens são hoje o principal foco das construtoras. Os compradores com idade entre 25 e 35 anos representam atualmente até 30% dos clientes de imóveis na planta e até 80% dos que procuram imobiliárias, segundo a publicação do Diário Digital.

(Foto: Shutterstock)
Jovens estão com renda própria e querem mais independência (Foto: Shutterstock)

Considerado um público exigente, os compradores mais jovens estão mudando a rota de investimentos das empresas. Pensando neles, o mercado de imóveis tem investido em produtos e preços atrativos. “Hoje os jovens estão com renda própria e querem mais independência”, constata Valéria Gabas, gerente regional da incorporadora Vanguard.

De acordo com ela, os jovens procuram apartamentos pequenos que facilitam a organização e limpeza. Muitos também prezam por empreendimentos com área de lazer e que estejam em boa localização, próximos a supermercados por exemplo.

Na opinião de Valéria, a melhora da renda e a facilitação do acesso ao crédito imobiliário refletiram no aumento de jovens compradores. “Antes era difícil comprar um imóvel, tinha que poupar bastante para dar uma entrada porque as taxas eram altas. Hoje, com a redução dos riscos para os bancos, é possível financiar com uma pequena reserva”, compara.

Os consumidores com idade até 35 anos já são mais da metade dos mutuários da Caixa Econômica Federal que compram imóvel financiado no País. Segundo o banco, eles representaram no ano passado 57% de toda a carteira de habitação.

O presidente do Sindicato de Corretores de imóveis, James Antonio Gomes, ressalta que, hoje, 80% dos clientes que procuram imóveis para comprar têm entre 20 e 35 anos. Dos 21 imóveis vendidos por James em um empreendimento recente da Capital, 17 são de compradores jovens. Conforme ele, as construtoras devem estar cada vez mais atentas já que clientes mais jovens costumam ser mais exigentes. “É bom prestar atenção porque esse público procura mais além do preço, ele quer principalmente qualidade”.

Escreva um comentário