Mercado Imobiliário

Saiba como orientar o cliente na hora de reformar o imóvel

Quando se compra um imóvel, mesmo que novo, dificilmente o proprietário vai estar 100% satisfeito. Fazer a reforma de casa é comum para deixar o espaço mais a seu gosto. Mas, mesmo que seja uma mudança simples, como ampliar um cômodo derrubando uma parede ou fazer uma instalação de ar-condicionado, a reforma, tanto em áreas comuns ou privadas, precisa ser aprovada. Portanto, busque orientação e fique atento às regras.

reforma de casa
O corretor precisa saber orientar o cliente caso ele queira reformar o imóvel (Foto: Shutterstock)

As novas determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para reformas edificais passaram a valer em 18 de abril de 2014. A ABNT criou um conjunto de regras para reforma, chamado de NBR 16.280:2014, depois da tragédia do Edifício Liberdade, no centro do Rio de Janeiro, que desabou durante uma reforma, em 2012. Para garantir mais segurança, existe um sistema de gestão, processos, projetos e execuções.

“A ABNT criou a NBR-16.280 com objetivo de evitar situações como o desabamento de prédios ocorridos no país pois uma simples reforma pode alterar todo o sistema de edificação. A norma esquematiza as etapas da obra e lista os requisitos para antes, durante e depois de uma reforma garantindo segurança e qualidade para os proprietários dos imóveis, assim como dos condôminos”, explica a arquiteta Rozze Dominggues, do escritório Domma Arquitetos.

Desde então, os cuidados na hora de fazer qualquer tipo de alteração no imóvel tiveram que ser redobrados para evitar qualquer tipo de problema e garantir mais segurança. “A norma estabelece que toda reforma e imóvel que altere ou comprometa a segurança da edificação ou do seu entorno precisará ser submetida à análise da construtora e do projetista ou apresentar um laudo técnico assinado por engenheiro ou arquiteto. As reformas não podem ser mais realizadas por pedreiros, já que é necessário um responsável técnico para elaborar o projeto, onde constará seu nome”, acrescenta a arquiteta.

+ Gostou das dicas? Aproveite e deixe seu comentário!

+ Faça seu cadastro no ZAP Pro e receba as novidades!

Durante esse processo, um corretor qualificado pode fazer a diferença, já que pode orientar os novos proprietários sobre essas novas regras. Desta forma, ele pode evitar problemas futuros para o novo dono do imóvel e facilitar a vida dele. Ou seja, é fundamental que o corretor tenha o mínimo de conhecimento sobre as novas regras. “Um corretor qualificado tem que conhecer não apenas a questão da documentação, mas também as regras da ABNT sobre reformas para passar as informações com segurança. Inclusive, este é um nicho de mercado que vem crescendo bastante, é uma tendência, tanto que o conselho do Rio de Janeiro tem feito cursos e preparado os corretores“, afirma Laudimiro Cavalcanti, diretor do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro (Creci-RJ).

+ Como deve proceder o bom corretor

+ Qual a importância do visual para um corretor de imóveis?

+ Dicas de como um corretor de imóveis deve se vestir

+ Dicas para evitar gafes no ambiente de trabalho da sua corporação

+ Entenda a importância de ter uma boa aparência

+ Conheça as ferramentas necessárias e saiba como vender mais imóveis

Escreva um comentário