Mercado Imobiliário

Por que os imóveis mobiliados são mais difíceis para vender?

Para Roseli Hernandes, diretora da Lello Imóveis, há dois aspectos que devem ser observados na venda de imóveis mobiliados. O primeiro deles é quando o proprietário quer receber um valor a mais pela mobília.

“Às vezes, para o proprietário, aquela mobília vale muito e ele coloca o valor que considera correto no preço do imóvel. Mas o comprador não considera que valha tudo aquilo ou às vezes nem quer a mobília porque não gostou dela, por exemplo. Nestes casos há um complicador”, avalia.

É preciso tomar cuidado para não exagerar no preço cobrado pela mobília (Fotos: Shutterstock)
É preciso tomar cuidado para não exagerar no preço cobrado pela mobília (Fotos: Shutterstock)

A segunda situação é quando o preço cobrado pela mobília não é exagerado ou quando não se cobra nada mais no valor do imóvel. Nestas situações, não é difícil vender o imóvel mobiliado.

“A grande dificuldade está no valor que é cobrado pela mobília. Se for um valor justo ou se não for cobrado, isso não dificulta a venda do imóvel mobiliado”, diz Roseli.

A dica é estar preparado para que o comprador não queira ficar com a sua mobília. “Faça um valor razoável pelos móveis e esteja preparado para reduzir o preço caso o comprador não queira ficar com eles. O vendedor também deve estar preparado para retirar os móveis do imóvel caso o comprador não os queira”, alerta.

Segundo Roseli, muitas vezes o comprador até tem interesse em pagar um pouco a mais pela mobília, mas isso não pode ser algo exorbitante. “É preciso negociar, ser flexível e estar preparado caso o comprador não queira”, aconselha.

O vendedor também deve estar preparado para retirar os móveis do imóvel caso o comprador não os queira
O vendedor também deve estar preparado para retirar os móveis do imóvel caso o comprador não os queira

Se o vendedor for deixar a mobília sem cobrar nada por isso é importante deixar isso claro em contrato. “Deve-se sempre fazer um documento sobre o que será deixado no imóvel para evitar problemas futuros”, ensina.

Vale destacar que, hoje em dia, quase todos os apartamentos têm armários embutidos nos quartos e cozinha e gabinete nos banheiros. Isso não pode ser considerado um imóvel mobiliado. “Um imóvel mobiliado é quando ele fica com tudo, desde mesa, sofá, cadeiras até os armários.”

Escreva um comentário