Mercado Imobiliário

Preço dos imóveis no litoral sul possuem diárias mais baratas neste carnaval

Para quem quer gastar pouco, alugar um imóvel no litoral sul de São Paulo é uma das opções mais baratas para curtir o Carnaval com o pé na areia. É possível encontrar apartamentos a partir de R$ 235. Segundo a pesquisa do Creci-SP (Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo), os imóveis mais caros estão em torno de R$ 1.745, neste caso, 118% mais caro que no feriado de Carnaval do ano passado.

Com uma redução de 46,42%, apartamentos de dois dormitórios no litoral central que eram alugados em 2015 por R$ 700 também estão mais em conta, agora são ofertados por R$ 375.

guaruja
O imóvel mais barato encontrado pela pesquisa está localizado no Guarujá (Foto: Shutterstock)

“É possível negociar descontos nesses valores, ainda mais neste ano de crise econômica”, afirma José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP. Ele recomenda que não se deixe essa negociação para a última hora e que se procure um corretor credenciado para fazer essa intermediação”, assegura.

Segundo a pesquisa levantada pelo Creci-SP, realizada com 30 imobiliárias de 12 cidades do litoral paulista, os apartamentos de um e dois dormitórios estão disponíveis a partir de R$ 235 em cidades como Guarujá e Santos, no litoral sul a partir de R$ 250 e R$ 320 no litoral norte.

Locação de 5 dias

A pesquisa contatou que estão sendo exigidos pelos proprietários pelo menos cinco dias de locação, mas sempre é possível uma negociação.

Outra exigência dos donos dos imóveis está nos números de ocupantes. Nas casas, aceitam de três a cinco pessoas nas de um dormitório; cinco a 12 nas de dois dormitórios; de oito a 16 nas de três dormitórios; e de 12 a 20 nas de quatro dormitórios.

Já nos apartamentos, os limites são de três a cinco pessoas para os de um dormitório; quatro a dez pessoas para os de dois dormitórios; seis a 12 para os de três dormitórios; de seis a 16 para os de 4 dormitórios.

As 30 imobiliárias pesquisadas pela entidade são das cidades de Ubatuba, São Sebastião, Caraguatatuba, Ilhabela, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Bertioga, Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente.

Escreva um comentário