Mercado Imobiliário

Valor médio dos imóveis cai pela segunda vez consecutiva, diz FipeZAP

O valor médio dos imóveis anunciados, apresenta queda (0,12%) pela segunda vez consecutiva. Segundo o Índice FipeZAP que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras, a queda foi observada em oito das 20 cidades pesquisadas: Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Porto Alegre, Florianópolis, Niterói, Goiânia e Contagem.

(Foto: Shutterstock)
São Paulo fica em segundo lugar com o preço de m² mais caro (Foto: Shutterstock)

Apesar disso, foi registrado o crescimento de 1,38% no acumulado dos nove primeiros meses de 2015. No entanto, é a nona vez consecutiva que a variação do índice fica abaixo da inflação; no período, a inflação esperada para o IPCA (IBGE) é de 7,58%. Dessa maneira, o preço médio anunciado do m² apresentou queda real de 5,76% em 2015.

Para o coordenador do Índice, Eduardo Zylberstajn, enquanto não houver melhora na situação atual do País, a tendência do preço médio por m² é cair cada vez mais.

Com exceção de Florianópolis, todas as cidades pesquisadas apresentaram variações menores do que a inflação de setembro.

Já no acumulado de 12 meses terminado em setembro de 2015, a variação do índice foi de 2,63%, ao passo que inflação esperada para o IPCA (IBGE) no período é de 9,43%. Com efeito, o preço dos imóveis apresentou queda de 6,21% nos últimos 12 meses.

Nesta base de comparação, todas as cidades pesquisadas mostraram resultados menores do que a inflação nacional. O valor anunciado do m² médio das 20 cidades em setembro de 2015 foi de R$ 7.601. A cidade com o m² mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (R$ 10.538), seguida por São Paulo (R$ 8.614). Os dois municípios que apresentaram os menores preços por m² foram Contagem (R$ 3.567) e Goiânia (R$ 4.175).

 

fipezap-setembro-zappro2

fipezap-setembro-zappro

 

 

Escreva um comentário