Mercado Imobiliário

Preço médio dos imóveis sobe 0,55% em setembro, diz FipeZap

A alta dos preços dos imóveis desacelera pelo décimo mês consecutivo em setembro, já que desde os 13,8% registrados em novembro a alta vem perdendo força.

O preço médio do metro quadrado dos imóveis anunciados em 20 cidades teve alta de 0,55 por cento do mês passado em relação a agosto, de acordo com o Índice FipeZap Ampliado, divulgado nesta sexta-feira, 03.

No acumulado dos nove meses do ano, o indicador subiu 5,4 por cento, 0,9 ponto percentual acima das expectativas para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) do período apurado pelo boletim Focus/Banco Central).

 

(Foto: Shutterstock )
São Paulo registrou a menor alta da história da pesquisa (Foto: Shutterstock )

O desaquecimento é percebido na maioria das cidades brasileiras, mas principalmente em São Paulo (0,40%), Rio de Janeiro (0,40% ), Brasília (0,08%), Fortaleza (0,09%), Recife (- 0,57%), São Caetano do Sul (0,17%) e Contagem (0,36%) que apresentaram variação menor do que a variação esperada da inflação. “Em setembro deste ano, São Paulo registrou a menor alta da história da pesquisa. O processo de desaceleração nos preços dos imóveis deve se manter nos próximos meses”, avalia Bruno Oliva, economista da Fipe.

A cidade com o m² mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (R$ 10.793), seguida por São Paulo (R$ 8.277). Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (R$ 3.316) e Goiânia (R$ 3.964).

grafico1 grafico20 TABELA

Escreva um comentário