Mercado Imobiliário

Problemas do imóvel devem ser bem explicados ao cliente

Corretor explicando os problemas do imóvel para o cliente (Foto: Shutterstock)
Corretor explicando os problemas do imóvel para o cliente (Foto: Shutterstock)

Atrair o cliente e fechar o negócio não são tarefas fáceis. Mas o desafio vira gigante se o imóvel apresentar algum tipo de problema: falta de água, má conservação ou estrutural, por exemplo. Diante da situação, nada resta ao corretor do que a verdade.

“O profissional não pode usar quaisquer artifícios para camuflar problemas no imóvel. É preciso estabelecer uma relação de confiança com o cliente. O corretor deve apresentar os aspectos positivos e negativos”, afirma o presidente da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis (Fenaci) Joaquim Ribeiro.

Transparência

O melhor é resolver estas e outras questões antes de começar a negociação. “O cliente compra imóveis por diversos motivos, mas o mais comum é a necessidade de moradia própria”, lembra Ribeiro.

Porém, se o corretor tiver que comercializar um imóvel com comprometimentos, deverá fazer constar todos os detalhes por escrito no contrato ou escritura. Isso evita problemas futuros.

Nesse caso, a compensação financeira pode ser considerada. “Constatando os problemas e tendo uma estimativa de valores para resolvê-los, deve-se descontar do valor do imóvel ou retê-lo até que sejam resolvidas essas pendências. Mas é importante colocar um prazo para tanto”.

Escreva um comentário