Mercado Imobiliário

Quem se aproximar da casa de George Clooney pagará multa de até R$ 1,7 mil

Qualquer um que deixe o barco ou carro a menos de 100 metros das mansões de George Clooney – a Villa Oleandra e a Villa Margherita – ou pise em seus terrenos terá de pagar uma multa que pode ir até aos US$ 500 (o equivalente a R$ 1,7 mil). A ordem veio de Roberto Pozzi, presidente da câmara de Laglio.

George Clooney (Foto: Shutterstock)
Medida dará mais privacidade a George Clooney (Foto: Shutterstock)

Desde 2002 – período em que o ator norte-americano comprou a luxuosa mansão nas margens do Lago Como, na Itália, por 7,5 milhões de euros (um pouco mais de R$ 25 milhões) –, milhares de curiosos, entre fãs e paparazzi, circulam à volta da propriedade de George Clooney. Alguns até tocam à campainha em busca de uma foto ou autógrafo, diz o Telegraph, periódico do Reino Unido. A nova medida visa assegurar que nenhum destes episódios volte a acontecer.

No Verão do ano passado, antes do casamento do ator, de 53 anos, com a advogada britânico-libanesa, de 37, em Veneza, o presidente da câmara já tinha tentado assegurar a privacidade do casal mas, então, a medida preventiva não incluía uma multa.

uxuosa mansão nas margens do Lago Como, em Itália (Foto: Divulgação)
Luxuosa mansão nas margens do Lago Como, na Itália (Foto: Divulgação)

“Estas proibições são necessárias porque já aconteceram episódios desagradáveis”, explicou a autoridade ao jornal italiano Corriere della Sera. Segundo Pozzi, o ator sempre exerceu um certo “fascínio” entre a população, mas o facto de agora estar acompanhado por uma mulher “não só glamourosa mas também muito inteligente aumenta a curiosidade”.

Escreva um comentário