Mercado Imobiliário

Saiba qual a região que mais lança imóveis em São Paulo

A Inteligência de Mercado da Lopes, especialista em análise do mercado imobiliário, fez uma pesquisa para descobrir qual a região da cidade de São Paulo que mais lançou imóveis residenciais durante um período de três anos. E quem saiu na frente neste estudo foi a zona sul da capital, com mais de 40% dos empreendimentos lançados em toda a capital. Os dados foram analisados entre março de 2012 e abril deste ano.

Zona sul representa pouco mais de 40% dos imóveis lançados na metrópole (Foto: Shutterstock)
Zona sul representa pouco mais de 40% dos imóveis lançados na metrópole (Foto: Shutterstock)

No total, foram erguidas na cidade de São Paulo 1.123 edifícios durante o período, distribuídos em 760 empreendimentos. Só na zona sul, região formada por bairros como Campo Belo, Brooklin e Morumbi, foram erguidas 410 novas torres e lançados 317 empreendimentos, o que representa pouco mais de 40% dos imóveis lançados na metrópole.

Valorizada, a Zona Sul tem como principal foco os imóveis de alto padrão, especialmente em bairros como a Vila Olímpia, que hoje possui um dos metros quadrados mais valiosos da cidade, avaliado em R$  17.690, atrás apenas do Jardim Paulista, com R$ 19.830. Outro bairro que se apresentou valorizado foi o Paraíso, com preço de m² médio de R$ 15.540.

Já na Zona Leste, foi possível observar uma grande oferta de imóveis residenciais em Itaquera, região que recebeu recentemente investimentos de infraestrutura, impulsionados principalmente pela Copa do Mundo. No entanto, ainda não foi observada grande valorização. O preço médio do metro quadrado no bairro é de até R$ 4.999.

+ Melhores bairros de São Paulo para morar

Outro bairro de destaque foi o Tatuapé, que assim como a Mooca, apresenta um dos metros quadrados mais valorizados da região, avaliado entre R$ 7.000 e R$ 8.999. Ambos estão atrás apenas da vizinha Anália Franco, considerada a região mais nobre da Zona Leste. Lá, o metro quadrado gira em torno de R$ 9.000 e R$ 10.999.

No total, a cidade de São Paulo ganhou 94.425 novas unidades de imóveis residenciais, sendo que 74% (66.972) possuem até 69 m², confirmando uma tendência de imóveis compactos. Como consequência, a maioria dos apartamentos lançados (64.602) oferece até dois dormitórios.

Escreva um comentário