Mercado Imobiliário

Roger Federer compra casa de R$ 26 milhões nos Alpes Suíços

Roger Federer resolveu investir parte do que ganhou sendo recordista de títulos de Grand Slam para mudar de endereço na Suíça. O vice-líder do ranking mundial de tênis desembolsou R$ 26 milhões para comprar uma mansão de 500 m², segundo informou o jornal suíço Schweiz am Sonntag.

Recordista de títulos de Grand Slam compra mansão para família (Foto: Shutterstock)
Recordista de títulos de Grand Slam compra mansão para família (Foto: Shutterstock)

De acordo com a publicação, a mansão localizada em Wollerau, nos Alpes Suíços, com vistas para o Lago Zurique custou 10 milhões de francos suíços (cerca de R$ 26 milhões). A casa tem mais de 500 metros quadrados, três andares, uma varanda com vistas para o lago e uma piscina.

Ainda segundo a imprensa suíça, a mansão será dividida em duas partes, uma para Federer, a esposa Mirka e seus quatro filhos e a outra para os pais Robert e Lynette.

Vista externa da casa, quando ainda estava em construção (Fotos: Reprodução/thesportbible)
Vista externa da casa, quando ainda estava em construção (Fotos: Reprodução/thesportbible)
Casa fica à beira do lago Zurich
Casa fica à beira do lago Zurich
Interior da nova casa de Federer
Interior da nova casa de Federer

O elevado custo da mansão pode ser tranquilamente arcado pelo suíço, que recebe anualmente apenas de patrocinadores cerca de R$ 81 milhões. O jogador tem contrato com as seguintes marcas: Nike, Lindt, Rolex, Wilson, Gillette, Mercedes, Credit Suisse, Nationale Suisse, Jura, Möet e Chandon. Além disso, só neste ano, Federer ganhou US$ 9,5 milhões (cerca de R$ 21 milhões) em premiações.

A mansão tem três andares e uma vista para o lago. Federer vai morar com a esposa, os filhos e mais seus pais, que ficarão em uma casa separada do imóvel.

Escreva um comentário