Mercado Imobiliário

Ronaldinho Gaúcho vende imóvel para resgatar investimento

O jogador Ronaldinho Gaúcho, que atualmente está sem clube, colocou a sua luxuosa mansão no condomínio Santa Mônica, na Barra da Tijuca, no Rio, à venda por R$ 15  milhões pelo fato do imóvel ficar muito tempo fechado.

Ronaldinho Gaúcho (Fotos: Divulgação)
Ronaldinho Gaúcho (Fotos: Divulgação)

 

A casa comprada em 2011 pelo craque quando ele ainda era jogador do Flamengo ocupa cinco lotes e meio do condomínio e cada um deles tem 850 metros quadrados de extensão.

Na época, a negociação, segundo fontes do mercado imobiliário, não foi fácil. A casa  nem estava à venda. A oferta inicial teria sido de R$ 15 milhões. Mas só por R$ 5 milhões a mais o proprietário topou se desfazer de tudo o que tinha: a venda foi, como o mercado imobiliário diz, de “porteira fechada”: o craque adquiriu a residência com os móveis e objetos de decoração.

O projeto urbanístico do condomínio Santa Mônica é de Afonso Kuernez e o projeto paisagístico, de Benedito Abbud.

 

Mansão do craque no condomínio Santa Mônica, no Rio
Mansão do craque no condomínio Santa Mônica, no Rio

 

Área interna do imóvel
Área interna do imóvel

As plantas das casas do condomínio são assinadas por três escritórios de arquitetura renomados: Jorge Brezinski, Nelson Sadala e S&W Arquitetos Associados. Na área de lazer comum há academias (de musculação, de pilates, de dança e artes marciais e de yoga), quadras esportivas, piscinas, salas de banho e de massagem, saunas, garagem band, salão de festas, cinema e adega de vinhos.

Quarto do imóvel
Quarto do imóvel

Além disso, o imóvel é cercado de natureza e praias exuberantes, a Barra e o Recreio são bairros jovens do Rio de Janeiro. Por serem mais reservados e familiar, têm como características segurança e organização, ao mesmo tempo em que contam com todos os serviços e comodidades, como restaurantes, supermercados, farmácias e shoppings.

Escreva um comentário