Mercado Imobiliário

Em um ano difícil, diferenciar-se é essencial

Especialista: Carreira

O ano já está quase ao fim e as previsões feitas para o mercado imobiliário continuam se confirmando: 2015 está sendo um ano difícil para a economia brasileira. Alguns falam em uma crise no mercado imobiliário duradoura, que deve alcançar o próximo ano, outros falam que o PIB crescerá pouco (ou nada), já mais uma meia dúzia afirma que os juros serão altíssimos e que o dólar chegará a R$ 5,00 – e quase já chegou.

em-tempos-dificeis-o-importante-e-ser-diferente-zappro

Em meio a este cenário de recessão, demissões e uma reorganização interna em empresas é comum, afinal, ninguém quer ficar no vermelho. Em tempos de crise a primeira coisa a ser feita é não perder a cabeça, manter a calma e ter uma atitude positiva, e não conformista, ajuda os profissionais a se destacar e a colher esses frutos quando a crise passa. Por enquanto, existem mais previsões do que certezas, e, por isso, esta é uma boa hora para identificar as oportunidades e se destacar no mercado.

São nesses anos de crise que os bons profissionais, neste caso corretores, podem ser identificados. Em anos bons, todos podem prosperar, por mais sorte do que juízo, o que permite que muitos se deem bem, mesmo não sendo tão competentes. Em anos difíceis, como o nosso atual, é preciso ser um verdadeiro profissional e provar seu valor, beneficiando a empresa e a si próprio, também. Em cenários como estes, os consumidores também se tornam mais exigentes, por perceber que seu dinheiro possui muito valor. Ou seja, mesmo com o poder de compra diminuído, os clientes querem investir da maneira correta, em empresas e produtos que tenham qualidade e bom atendimento, principalmente se tratando de imóveis.

Neste ano, todos os trabalhadores, e principalmente os que lidam com imóveis, devem buscar se diferenciar no mercado de trabalho. Participar de oficinas, palestras ou cursos de aprimoramento de habilidades, ajuda o profissional a se destacar, tanto dentro da própria empresa, quanto para o mercado externo. Pensar diferente, para buscar soluções dentro do ambiente empresarial pode mostrar pró-atividade. Se a perspectiva da empresa é ganhar menos, o funcionário pode pensar em maneiras de ganhar em produtividade, por exemplo.

Os superiores sempre desejam números mais expressivos, e isso só é conseguido com pessoas tecnicamente preparadas, e espiritualmente motivadas. Para os chefes, investir nas pessoas certas é o melhor caminho, e, para os colaboradores, investir em si mesmo também é garantia de sucesso. De maneira geral, buscar se superar, mostrar suas ideias e manter a cabeça calma é o melhor caminho para atravessar essa crise.

Escreva um comentário