Mercado Imobiliário

Confira dicas de como tirar boas fotos e venda os imóveis mais rápido

dicafoto

Temos que estar sempre preparados. Se ainda não teve, provavelmente você terá que tirar fotos de imóveis dos seus clientes, seja pela falta de qualidade nas fotos recebidas ou por outro motivo qualquer.

– As pessoas que buscam imóveis não estão em busca de uma casa “capa de revista”, mas quanto melhor você passar a ideia e as dimensões do local, maior será a chance de se interessarem pela sua oferta, então, arrume o ambiente antes. Sim, é importante guardar toda a bagunça, como chinelos, bolsas, roupas e outros objetos que não fazem parte do contexto e não agregam valor ao ambiente.

bagunça

Máquina ou celular?  Prefira usar máquinas fotográficas, pois elas são preparadas exatamente para isso. Caso use um celular, a recomendação é que ele possua no mínimo 5 mp (megapixels) e que ao tirar fotos, procure manter o ambiente bem iluminado pois a imagem tenderá a escurecer com a baixa resolução. As vantagens principais do celular estão na portabilidade (você sempre está com ele), praticidade e a grande gama de aplicativos que editam e aplicam ótimos efeitos, que de certa forma melhoram ou disfarçam possíveis imperfeições.

Confira a lista completa de aplicativos para o corretor de imóveis

– Ande e observe todo o local e escolha o melhor ângulo do ambiente (que mostre a maior parte do lugar), se necessário, produza com objetos que façam sentido, como vasos, uma toalha de mesa nova, flores e outros decorativos (cuidado para não exagerar).

– Ao tirar fotos de banheiros, mantenha a tampa do vaso abaixada e no caso de outros ambientes, mantenha tudo limpo, evite tirar fotos que reflitam o flash (espelhos, janelas e vidros).

– O uso de tripé é recomendado para não ocorrer uma foto tremida, sabemos que normalmente não dá para levar um.  Caso não possa levar o equipamento,  use uma mesa ou cadeira como apoio, coloque o temporizador (sistema que programa a máquina para fazer o disparo automático) e acione antes de sair do ambiente.

– A iluminação é um dos fatores mais importantes na hora da foto. Evite tirar fotos de frente para uma janela, a luz acaba “estourando” a imagem e o sensor automático dos celulares e câmeras simples, acabam escurecendo o que está em volta da janela. Dica: Fique de costas para janela, o efeito da luz natural poderá ser ótimo.

– O nascer do sol e o entardecer são momentos que valorizam as fotos por conta da luz. Opte por esses horários para fotografar.

– Na hora da foto, tente criar um conceito de “lar aconchegante” (ex: sofá confortável, uma cama bem arrumada com almofadas), procure elementos que tragam uma sensação boa para quem está vendo a foto, para que os compradores sintam-se em casa. O flash valoriza ambientes coloridos, mas normalmente as fotos não passam sentimentos, evite usá-lo em todas as fotos ou teste, faça a imagem com e sem flash, depois compare.

iluminacao

Foco nos detalhes, fique atento para registrar os detalhes positivos do imóvel, pisos anti-derrapantes, estruturas de gesso no teto e outros detalhes que são um diferencial a mais no imóvel anunciado.

Abra as janelas e acenda as luzes, quanto mais luz, mais chances da foto sair com uma boa qualidade.

– Cuidado ao fotografar quinas, podem acabar tendo outros efeitos além dos desejados, como a diminuição do ambiente ou um efeito exagerado da perspectiva.

quinas

– Ao fotografar piscinas, a dica é ficar em um nível elevado, algo como uma escada de 3 graus, assim ela terá um bom efeito de profundidade.

– E, por fim, a rua é bonita e tranquila? Fotografe, isso pode agregar valor na hora da decisão final, assim como outros pontos, caso sejam revelantes, como área de lazer do condomínio (brinquedoteca, salão de festas, academia), vaga de garagem e hall de entrada

1 Comentário

Escreva um comentário